A DANÇA DA VIDA

A pintura de Edvard Munch “A Dança da Vida” pode ser interpretada sob vários pontos de vista e em vários níveis. A transição das figuras femininas da adolescência para a maturidade sexual até à velhice, permite argumentar que a pintura trata do eterno ciclo da vida. Sobre ela, Munch escreveu: “a vida e a morte, o dia e a noite andam de mãos dadas”. Na verdade, a morte é o nascimento da vida e Munch expressa a sua consciência acerca do ciclo biológico da existência humana pela forma como dilui as figuras na paisagem, como se o seu destino fosse indissolúvel do ritmo superior da natureza” (Thomas Messer, “Edvard Munch”, 1986).

The dance of life - Edvard Munch 1900

A Dança da Vida – Edvard Munch (1900)

 

Tagged
%d bloggers like this: